sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Declaração de Amor ao Rádio.

Recebi um comentário muito interessante:

Caro Sr. Watson Zucco Weber.

Como apaixonado por este veículo chamado rádio, desde minha infância, quando ouvia no rádio vitrola de meu pai , era um móvel grande de valvulas e a mudança de estações era com botão que movia com uma cordinha interna, que as vezes arrebetava, neste mesmo aparelho estava acoplado um dica disco, com direito a colocar até 8 discos em seu eixo. Isso aconteceu pelo ano de 1958, por influência de meu avô e meu pai e fique intrigado e ao mesmo tempo apaixonado pelo veículo rádio. Era fã incondicional de uma emissora que já não existe no dial ( RÁDIO TUPI DE SÃO PAULO - 1040 Khz) com o saudozo Corifeu de Azevedo Marques do Jornal Falado Tupi , e quando mais jovem pela sua co-irmã (RÁDIO DIFUSORA -SP - 960 kHZ) a modelo das Fms atuais , todas AM’s, e de propriedade dos Diarios Associados. Quando fechou ambas , já mais maduro , fiquei apaixonado pela emissora do segmento jornalisticos, é fiquei fã da JOVEM PAN -SP - 620 Khs. com o ícone do jornalismo : Fernando Viera de Mello, (tambem já falecido), Hoje ouço muito este segmento de rádio (jornalismo e esporte) e Fms ( com segmento de musica estilo flash back e adulta). Mais sou muto mais o rádio que qualquer outro veículo de comunicação, pois é apaixonante, imediato , criativo, imaginativo e acima de tudo atual. Grato e Parabéns pelo Livro !
JOSE CARLOS CARVALHO, I T U - SP

Nenhum comentário: