quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

As Coisas Insuportáveis do Rádio repercutem por aí...



Dias atrás publiquei as 25 COISAS MAIS INSUPORTÁVEIS DO RÁDIO BRASILEIRO.

O assunto deu muito o que falar nos seguintes blogs:

BLOG DO GABRIEL PASSAJOU

BLOG DO APRESENTADOR CACAU MENEZES

BLOG CAROS OUVINTES

BLOG RÁDIO BASE

BLOG DO LOCUTOR ALEX BAWER DE BRASÍLIA

E rendeu comentários do tipo:

"Caro amigo Watson Weber você relaciona as 25 coisas mais insurportáveis do rádio brasileiro. Companheiro o ser humano tem livre-arbítrio, e não seria o profissional de rádio que ficaria privado de mandar um recadinho para os membros de sua família. Estas 25 coisas consideradas insurportáveis por você não consta em nenhum regulamento, ou Código de Ética. Opinião pessoal sua e a respeitamos.Será que todo ser humano é perfeito? Será que todo profissional de rádio é impecável. Você se considera ou está incluído no rol dos perfeitos, aqueles que não cometem deslizes no rádio? Se sua resposta for sim vamos pedir sua inclusão no Livro dos Recordes. Como profissional de jornalismo e radialista acho que V.Sa. é um tipo de profissional raro no Brasil atual.Vamos lutar por uma rádio de qualidade, mas os pontos primordiais e mais impoertantes não são esses explicitados pelo senhor. Feliz 2009. "- Antonio Paiva Rodrigues

"Me permita incluir na lista o locutor-vaca, aquele que fica mugindo enquanto o entrevistado fala. Imagina que fazendo barulho do outro lado estará sinalizando seu interesse no assunto. Ou, pior, que está compreendendo tudo o que outro diz. O pobre ouvinte-internauta, por sua vez, tendo de se esforçar para ouvir o que realmente interessa." - Mílton Jung, jornalista da CBN São Paulo.

"Realmente música cortada dá nos nervos. Meu, pra que coloca a música se não dá pra rodar inteira?Dependendo da entrevista, é bom pra pegar no sono. Em outros casos, me arrependi de ter fechado os olhos e perdi bons bate papos. LOcutor tem que falar o básico e pronto. Não pode ser do tipo "antena 1 que só fala a hora e a frequência" nem o que fala demais, atrasa tudo e corta a música no meio. Tem comerciais que podiam ainda estar no ar. Gostei muito, por exemplo, do que fala sobre o Museu do Futebol, com algumas imitações do Pelé. Esse é impagável, mas não está mais no ar!" - WAGNER, MAUÁ/SP

"Ele (Watson) esqueceu de citar esses programinhas de hora do almoço, feitos por vários débeis mentais que se acham engraçados." - Wagner, de Florianópolis/SC

"Perguntar não ofende: porque os speakers das FMs, TODOS, eu dissse, todos; falam gritando? Tem uma FM lá no começo do dial, que é um terror: home ou muié, tudo grita!" - Carlos A., de Florianópolis/SC

2 comentários:

v.p disse...

Todos esses 25 ítens são insuportáveis, mas são recorrentes há mais de 40 anos. Com o advento da FM a lista aumentou. Locutores estridentes, fala rápida, péssima dicção e por ai vai. Mas o mais irritante mesmo são os programas religiosos, sobretudo aqueles da Igreja Universal onde todos os pastores falam igual seu mestre, Edir Macedo.Tem também as modernas músicas evangélicas, as vinhetas modernosas que desqualificam os ouvintes mais velhos (ouçam BANDNEWS, despreso ao anunciante (uma hora de música sem intervalo comercial e os programas humorísticos de má qualidade (tem alguns bons)

tim disse...

Falar em repercussão, talvez eu tenha sido uns dos primeiros a postar essas "25..." no Orkut, na comunidade Radialistas do RN. Saí na frente até mesmo do Watson que postou na Comunidades Locutores. hehehehehe.

Parabéns pela lista, isso dá muito pano pra manga...