segunda-feira, 27 de abril de 2009

Manual de Pregação Religiosa no Rádio.


A jornalista Fernanda Lima dá dicas para Igrejas utilizarem de forma correta o rádio:

-Assim como padres e pastores tem preparo teológico (pelo menos deveriam ter) para o ministério e para fazer uma pregação, é importante também fazer cursos preparatórios para falar no rádio. O Espírito Santo não age se não houver conhecimento então por isso, estude e prepare-se para falar no rádio.

-Gritar no microfone expulsando demônios funciona muito bem na igreja, mas no rádio isso soa totalmente estranho para não dizer horrível. Berrar no rádio é algo totalmente estressante para quem ouve. Pode expulsar demônios, mas a palavra de Deus também diz: “Fazei tudo com zelo e sem escandalizar ninguém”. Preparar a voz é fundamental.

-Falar demais no rádio funciona mais nas emissoras AM. Em FM, é necessário intercalar a palavra com músicas, por exemplo.

-Fazer longas pregações no rádio cansa quem ouve. Prepare sua palavra no sentido de ter no máximo uma pregação de 15 a 20 minutos e está de bom tamanho.

-Não atenda ouvinte por apelido típicos do meio como: "amada", amiga, colega, irmã, etc. Pergunte o nome e chame por tal, afinal é para isso que servem os nomes.

-Atenda ouvinte com antecedência para não ter surpresas. Contrate uma produtora para isso. Que não seja irmã(o) da igreja. De preferência com experiência em rádio, se for cristão e experiente com rádio, melhor.

-Normalmente o ouvinte quando liga ele está buscando conforto espiritual, então dê a ele este conforto, faça uma oração, mas seja breve sem ser mal-educado, afinal nem tudo é o diabo na vida da pessoa. Atenda pessoalmente casos mais complicados.

-Nada de preconceitos com outras religiões ou seitas no ar, assim como tem gente que não gosta de candomblé, tem gente que não gosta de crente. Respeito é bom e Deus gosta!

-Ter o dom da palavra é importante, mas ter conteúdo no que se fala é mais importante ainda. Cuidado com o que diz. Tem muita gente que ouve rádio e entende muito de Bíblia assim como você.

-O que mais ouço em rádio, são pastores falando o português de forma incorreta: ‘comem letras’, péssima concordância verbal e leitura ruim da Bíblia. Isso nem o Espírito Santo resolve sozinho. Ter humildade e estudar é um bom começo.

-No mais, fale com o coração. ‘Teatro’ no rádio pode funcionar por um tempo, mas não para sempre. Se você tem um chamado de Deus então seja verdadeiro naquilo que prega. Adore em Espírito e Verdade. Sempre.

Jesus te ama e nós amamos nossos ouvidos. Amém.

Um comentário:

Aumente o Volume - Delírios sobre Rádio disse...

Como sempre Watson, obrigado pela força!
O artigo ainda ficou um pouco incompleto. Estou tentando montar um material específico para o trabalho evangelístico no rádio. Já que não podemos derrotá-los, então que possamos juntar-nos à eles.
beijos