quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Declaração de Amor.


Eu amo rádio. E acho que esse veículo vai durar para sempre. É muito difícil ele um dia desaparecer. Acredito que ele vai estar sempre se adaptando aos novos tempos. Hoje, mesmo com outras formas de comunicação e entretenimento, o rádio se mantém, cumprindo bem o seu papel. O rádio associou-se com as novas formas de tecnologia. Hoje ele pode ser ouvido em alguns televisores, em canais de TV a cabo, transmitido via internet e até alguns telefones celulares dispõe da função rádio. É praticamente impossível ser criada uma nova forma de tecnologia que torne o rádio obsoleto. Creio que ele, por ser diferente dos outros meios e estar sempre se atualizando, pode-se manter presente por muitos e muitos anos ainda. Junto com as novas tecnologias.

O rádio digital, que está ainda em testes no Brasil, abrirá um canal de transmissão com som, dados, textos e imagens. Quem tiver o aparelho de rádio digital passa a ouvir AM sem interferências, com qualidade de FM, e passa a ouvir rádio FM com som semelhante ao do CD. O ouvinte poderá até ler informações complementares às notícias que estão sendo transmitidas pela emissora, como cotações da bolsa de valores, previsão do tempo, notícias de trânsito, entre outras. Durante um programa musical, o ouvinte terá detalhes das músicas, como o nome do autor e o título da mesma. Quem sabe ainda cantar junto, acompanhando a letra da música. Existe uma previsão até para que, em breve, os receptores de rádio digitais estejam recebendo sinal de vídeos. Você vai poder ouvir e ver a sua música de um jeito que o só o rádio sabe fazer. É ou não é, um veículo apaixonante?

Se você também ama o rádio, participe de nossa campanha, copie a imagem acima e declare também o seu amor por ele!
Recebemos a seguinte declaração:
"PARABÉNS PELO ARTIGO. SOU RADIALISTA E ESTAREI COMEMORANDO DUAS DÉCADAS DE PLENA ATIVIDADE. SÃO 20 ANOS DEDICADOS AO RÁDIO E AO NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO, O OUVINTE. MAS SEM O RÁDIO NADA SERÍAMOS. POR ISSO E MUITO MAIS, EU AMO O RÁDIO.
Anônimo."

Um comentário:

Anônimo disse...

PARABENS PELO ARTIGO.
SOU RADIALISTA E ESTAREI COMEMORANDO DUAS DÉCADAS DE PLENA ATIVIDADE. SÃO 20 ANOS DEDICADOS AO RÁDIO E AO NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO, O OUVINTE. MAS SEM O RÁDIO NADA SERÍAMOS.
POR ISSO E MUITO MAIS, EU AMO O RÁDIO