terça-feira, 19 de outubro de 2010

Mineiros Chilenos tiveram aula de oratória.


Segundo o blog ComGurus, tudo foi tão planejado e organizado para o resgate dos 33 mineiros chilenos soterrados no norte do Chile, que eles foram até treinados para lidar com a imprensa enquanto ainda estavam na mina.
Os 700 metros de profundidade não foram obstáculo para o "Media Training", realizado por videoconferência.
O jornalista Alejandro Pino foi o responsável por dar aulas de expressão oral aos mineiros. Pino conversou com cada um dos trabalhadores e conheceu suas histórias. “Dividimos as aulas em duas partes. Em uma delas, os mineiros apenas respondiam perguntas. Muitas eram difíceis e até indiscretas, pois precisava ver como respondiam e como reagiam. Ensinei, também, que eles tinham todo o direito de não responder o que não quisessem. Na segunda etapa, o foco estava em como desenvolver uma conversa. É bem provável que eles sejam convidados a participar de programas de televisão, por exemplo, e queríamos que soubessem contar suas histórias de maneira estruturada. Trata-se de um grupo de pessoas muito inteligentes e com histórias interessantes”.
Tiramos como lição, de todo esse acontecimento, que a comunicação teve uma forte importância para motivá-los ainda mais.

Nenhum comentário: