25/02/2011

Como é feita a locução para TV?



Vídeo produzido especialmente para os leitores do blog VOCÊ NUNCA OUVIU NADA IGUAL.

21/02/2011

Livro comprado, livro entregue.



Estamos prestes a completar 3 anos de vendas do livro VOCÊ NUNCA OUVIU NADA IGUAL através desse blog. Nos orgulhamos de chegar até aqui com a marca de 100% das compras concluidas com sucesso.

Segundo o PAGSEGURO (sistema para pagamentos online), a porcentagem representa a relação entre a quantidade de transações completadas com sucesso e o total de transações.
A transação é "completa" quando o comprador efetua o pagamento e, após 14 dias, o vendedor recebe o dinheiro, sem disputas.
Exemplo: se um vendedor tem 100%, significa que todas as vendas que ele realizou via PagSeguro foram completadas com sucesso.

O sistema PAGSEGURO garante a devolução do seu dinheiro caso o produto não seja entregue em até 14 dias.

Até hoje tivemos 3 casos de atraso de mais de 10 dias ou extravio da encomenda. Para estes 3 compradores enviamos um segundo exemplar sem custo.

Compre seu livro também via PagSeguro e boa leitura!

18/02/2011

Locutor: profissão em extinção.



Locutor é uma profissão em extinção. Estamos nos aproximando de um tempo onde aquele sujeito com voz grave, aveludada, com dicção claríssima e pausada está escasseando no mercado. Para quem acha que estou exagerando, basta uma rápida observação. Já ouviu algum comercial dos anos 50? Ouça, no Youtube deve ter. Repare na dicção perfeita, Rs e Ls perfeitamente articulados, tom formal, quase sisudo. Indo um pouco adiante, verifique que entre os anos 70 e 80, já não se valorizava tanto determinadas pronuncias de palavras, mas é fato: a credibilidade do "Off" ainda estava relacionada com o grave da voz. No rádio não era muito diferente. Para ser locutor era preciso "ter voz de locutor". O cara ia ao banco e a moça do caixa perguntava "por acaso você é locutor de rádio?". Fingindo desinteresse o colega dava um sorrisinho e com ar maroto pigarreava para em seguida perguntar "Como percebeu, querida?" concluindo com um "Vou lhe mandar um beijo pela rádio".

Olha só os spots de TV. Repare na quantidade de atores, jornalistas ou até locutores com "voz de gente normal". Ainda existem os "trovões" da vida, claro, eles ainda cumprem determinado papel, mas se prestar atenção verá que eles fazem parte da minoria e entenderá o que quero dizer. Isso começou a ficar claro no telejornalismo especialmente quando os locutores começaram a ser substituídos pelos âncoras. Quando afirmo que locutor é uma profissão em extinção, não estou dizendo que não haverá mais locução, mas sim que ela será feita por profissionais com outro perfil. Seja no rádio ou nas campanhas publicitárias, a busca por profissional que seja bom na interpretação é cada vez maior.

Acredito que essa mudança tem uma explicação. Em tempos de superexposição a informação nos tornamos cada vez mais críticos. O olhar critico não deixa de ser um mecanismo do cérebro para selecionar o que presta e deletar o que não acrescenta. Quase uma seleção natural audiovisual. De outra maneira seria impossível acumular o infindável numero de informações e estímulos visuais e sonoros que recebemos por hora. O aguçar da visão critica nos torna naturalmente mais seletivos especialmente ao que não parece ser verdadeiro. Funciona assim: diante de tanta informação, aquela que tiver uma "estética" desconectada da realidade, tende a ser deletada. Essa percepção muda regras básicas em todas as áreas da comunicação. No cinema, por exemplo, repare que os planos fixos, tomadas longas, estáticas dos filmes mais antigos, tem cedido espaço ao estilo documentário, com câmeras tremendo, desfocando em alguns momentos, quase como se fosse um cinegrafista amador, dando mais veracidade a cena. No caso dos locutores, para que se conquiste credibilidade, é cada vez mais necessário que pelo menos pareça de verdade. Quanto mais próximo, quanto mais real, melhor. Aquele sujeito falando grave, articulação meticulosamente cuidada, formal, aos poucos esta se limitando aos locutores de supermercado e porta de loja. "Alo dona de casa, hoje a salsicha está em oferrrta hein, muito bem, muito bem, oferrrta da salsicha por apenas 2,50, é isso aíããã." Ainda é possível ouvir o som que invade as gôndolas e cativa as senhorinhas que param ao lado do sujeito baixinho de gravata e crachá andando com o microfone em punho "Que voz linda você tem rapaz, nem parece que sai de alguém tão baixinho. Que altura você tem?". Sem graça e carregando no grave ele dá um sorrisinho sem graça e manda um beijo para a "vovó". Falar direito é importante, dicção, português correto, tudo isso é fundamental, mas quanto mais próximo de quem recebe a informação melhor. Veracidade! Ainda que apenas aparente.

Parece que a convergência das mídias tem tornado o espectador/ouvinte mais seletivo e, se você quiser conquistar espaço no mercado, reflita até que ponto seu trabalho está conectado com essa nova realidade. Locutor como conhecemos antes, aquele sujeito que fala diferente de todo mundo, está virando profissão em extinção. Ainda que apareçam aqui e ali e ainda cumprem seu papel no mercado, até aqueles "vozeirões" de plantão sabem que não basta falar grosso. Para se manter atualizado é preciso parecer real, falar a língua do seu público (ou produto) e se aproximar de uma realidade que vasa em todas as áreas da comunicação. Caso contrário seremos lembrados junto com os dinossauros: um dia existiram e dominaram o planeta, mas depois tudo mudou e viraremos peças de museu, vivos apenas no YouTube ou na memória da velinha do supermercado que se derrete por locutores "dez reais".

Foto: RÁDIO DIFUSORA DE PIRAJU/SP.

16/02/2011

Depois do Repórter Esso, os Postos Esso chegam ao fim.



Os postos Esso deixam de existir no mercado brasileiro no prazo de em 3 anos. Esse é o que foi acordado pela Cosan e a Shell após anúncio da fusão de operações das duas empresas e criaçao da Raízen, dedicada à produção de etanol. A rede Esso passará a usar a bandeira Shell.

A Esso chegou ao Brasil em 1912 e foi um dos ícones do processo industrial brasileiro no início do século 20. Foi através dela que a agência McCann Erickson desembarcou no país, no final dos anos 30, para acompanhar seu processo de expansão. Mais tarde, a McCann ajudou a criar o Repórter Esso (no vídeo acima, a última edição no rádio). O programa jornalístico começou no rádio e migrou para a televisão popularizando a bancada de telejornal e o hábito do noticiário no início da noite.

Curiosidade: o nome “Esso” veio da pronúncia de “S”(éss) de Standard e “O"(ô) de Oil .

Fonte: ComGurus.

15/02/2011

Play Vox Studio divulga nosso livro!

Júlio César, do Play Vox Studio da Paraíba, recomenta em seu blog o livro VOCÊ NUNCA OUVIU NADA IGUAL.

10/02/2011

Locução Publicitária, como fazer?


Com a tecnologia atual é fácil a montagem de um pequeno estúdio em sua casa, com um bom computador, mesa de som e microfone. Um investimento como esse não passa de mil dólares. Aconselho a instalação dos softwares adequados para gravação e os cabos necessários para ligar os equipamentos de áudio por um técnico especializado. Na própria Internet você poderá divulgar seu trabalho através de site, blog, YouTube, Orkut, Facebook e Twitter.

O valor do cachê a ser cobrado pelo locutor é muito relativo. Assim como tem o famoso locutor topa-tudo-por-dinheiro, que grava por qualquer “dez real”, tem locutor no Brasil que chega a pedir R$ 3.000,00 para emprestar sua voz para uma gravação de 30 segundos. O valor vai depender da qualidade da voz, do equipamento de gravação e principalmente, da interpretação.
Para descobrir quanto você deve cobrar por uma locução, pergunte a locutores que você conheça, quando eles cobram. Compare sua gravação com a deles e descubra quanto a sua vale.
Definido o cachê, prepare-se para gravação. Antes da locução de um texto comercial você pode sugerir alterações na redação dele, mas de modo geral, siga exatamente o que está escrito. Leia várias vezes e module a sua voz até encontrar o tom apropriado. Preste atenção se existem figuras de linguagem na interpretação, como sussurros e risos. Construa sons, como imitações e inflexões sonoras, quando necessário. Não leia simplesmente, entre no personagem, dê vida, emoção e interpretação conforme orientação do redator. Entenda qual a idéia do spot a ser gravado. Saiba como será produzido, qual trilha sonora será utilizada, que efeitos serão empregados. Toda essa atenção reflete no resultado final.

Lembre-se que o que os clientes, agências e produtoras sempre buscam em um locutor publicitário é: rapidez na gravação, facilidade de regravação, versatilidade de entonações, preço justo, qualidade de áudio, interpretação com emoção, boa voz, dicção perfeita, sem sotaques, e de preferência, uma voz “exclusiva”, diferente daquela que estão acostumados na região.

Se você considera-se preparado para este mercado, boa sorte. Há espaço para todos, resta ao cliente escolher o locutor publicitário que mais se adapta às suas necessidades e o quanto ele pode investir. O quanto o anunciante vai gastar com locutor vai influenciar na qualidade final do comercial. E para o consumidor, se a locução não é boa, o produto ou o serviço anunciado pode não ser também.
(Foto: Alkra Estúdio)


Quer aprender mais?

✅ CURSO DE LOCUÇÃO ONLINE: https://bit.ly/2MrM9mu

✅ LIVRO DO RÁDIO: https://bit.ly/2OBGqrx

✅ LIVRO DE ORATÓRIA: https://bit.ly/2vIsLI3

08/02/2011

Clássico das rádios vai virar filme.



Faroeste Cabloco é uma das maiores composições da música nacional, em todos os sentidos. A canção, que tem mais de 9 minutos de duração, foi escrita em 1979 por Renato Russo, do Legião Urbana, será adaptada para o cinema em 2011.

A música narra a história de João de Santo Cristo, que se muda para Brasília, apaixona-se por Maria Lúcia, e acaba sendo assassinado pelo traficante Jeremias.

A atriz global Isis Valverde está confirmada no papel de Maria Lúcia. João de Santo Cristo será interpretado por Fabrício Boliveira, e Jeremias, será vivido por Felipe Abib.

07/02/2011

Depois de 3 anos, Nativa FM volta a liderar em SP.



A medição mais recente do Instituto Ibope revela uma mudança importante na primeira colocação geral, posição que não via mudanças desde o primeiro semestre de 2008. A Nativa FM passa a ser a primeira colocada geral de audiência, posição que era defendida a quase três anos pela Tupi FM.

Veja o ranking geral, baseado na pesquisa 05h-00h, todos os dias e locais, de novembro de 2010 a janeiro de 2011:

01 – Nativa FM 95.3

02 – Tupi FM 104.103

03 – Transcontinental FM 104.704

04 – Mix FM 106.3

05 – Band FM 96.1

06 – Gazeta FM 88.1

07 – 105 FM 105.1

08 – Alpha FM 101.7

09 – Vida FM 96.5

10 – Metropolitana FM 98.5

11 – 89 FM 89.1

12 – Jovem Pan 2 FM 100.9

13 – Nova Brasil FM 89.7

14 – Kiss FM 102.1

15 – Energia 97 FM 97.7

16 – Antena 1 FM 94.7

17 – Tropical FM 107.9

18 – CBN FM 90.5

19 – Transamérica Pop FM 100.1

20 – Imprensa FM 102.5

21 – Gospel FM 90.1

22 – Rede Aleluia FM 99.3

23 – Bandeirantes FM 90.9

24 – Musical FM 105.7

25 – BandNews FM 96.9

26 – Mundial FM 95.7

27 – Deus é Amor FM 97.3

28 – Eldorado FM 92.9

29 – SulAmérica Trânsito FM 92.1

30 – Nossa Rádio FM 106.9

31 – Terra FM 98.9

32 – Cultura FM 103.3

33 – 107.3 FM 107.3

34 – Disney FM 91.3

35 – MIT FM 92.5

36 – USP FM 93.7

37 – Oi FM 94.1