27/04/2011

O que eu faço para ser locutor de rádio?

Se você realmente quiser, você pode ser locutor de rádio, independente da região do Brasil que você está agora. Claro que o nível de qualificação em São Paulo não é mesmo esperado no Tocantins. Mas tem uma coisa mais importante que o currículo.
Vejamos:
- Ter Registro Profissional (DRT) vai te ajudar.
- Fazer um bom curso de locução é importante.
- Saber inglês vai te diferenciar.
- Ter talento, boa voz e ótima dicção vai te abrir portas.
- Conhecer alguém que já trabalha na área, também ajuda. Essa pessoa poderá te encaminhar ou encaminhar seu portifólio direto para o profissional certo.
Mas mesmo sem nada disso que eu citei até agora, você pode iniciar uma carreira no rádio se você tiver: MUITA VONTADE.
É difícil uma rádio comunitária ou AM do interior que não queira um estagiário motivado. Se você tiver uma coisa chamada determinação, você vai longe. Essa determinação é que te faz sentir vontade de ir atrás de cursos, de se especializar e de se profissionalizar.
Quando uma chance dessas aparecer, esteja preparado, e boa sorte!

Quer aprender mais?

✅ CURSO DE LOCUÇÃO ONLINE: https://bit.ly/2MrM9mu

✅ LIVRO DO RÁDIO: https://bit.ly/2OBGqrx

✅ LIVRO DE ORATÓRIA: https://bit.ly/2vIsLI3

26/04/2011

Cada rádio tem o radialista que merece.



Este é Marcelo Adnet no Comédia MTV 2010. Muito bom. Parabéns também pro sonoplasta, que mandou bem!

19/04/2011

Por que o "policial" vira "tira" nos filmes dublados?



Em alguns pontos, concordo com Felipe Neto. Claro que ele exagera um pouco.

15/04/2011

O Rádio e a Religião.



Artigo 19 da Constituição Brasileira:

"É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público."


Segundo a lei, somos um país laico, neutro. Mas você já deve ter percebido que muitas rádios são controladas diretamente por igrejas. Fica, então, a pergunta no ar: Se as emissoras devem estar a serviço de toda a população, visto que são concessões públicas, por que algumas defendem seus próprios interesses religiosos?


Religião não se discute, mas lei sim.


07/04/2011

Leia na Edição 4 da Revista Rádio e Negócios:


- A relação do rádio com o mercado publicitário;

- Uma reportagem com empresas de softwares para rádios;

- Entrevista com Paulo Fernandes, diretor do Sistema Jornal do Comércio de Comunicação, de Pernambuco;

- Um debate sobre rádios comunitárias;

- Descubra os fatores que inibem a produção de jingles;


- Números comprovam a audiência jovem no rádio;


- E ainda: os artigos escritos por especialistas.

Tudo está na Edição 4 da Revista Rádio e Negócios.

01/04/2011

Comerciais Antigos de Rádio.



De volta ao passado: Ouça como eram curiosos os comerciais e jingles do rádio Brasileiro na década de 40.