quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Rádio Para Classe Média. Como ninguém pensou nisso antes?

Ultimamente tem se falado que a classe média brasileira tem aumentado seu poder aquisitivo. É a chamada Nova Classe C. Essa classe já corresponde a praticamente metade da população do país.
Sabendo que a classe C é economicamente ativa, que é a maioria, e que a média de idade dos chefes de família é de 40 anos, porque não fazer uma rádio para esse perfil de público?

Então, a rádio ideal, altamente rentável, seria uma que tocasse os sucessos de 20 anos atrás, época que esses consumidores curtiam os embalos de sábado à noite.

Segundo essa minha teoria, uma rádio com música popular dos anos 90 tem tudo para dar certo nos dias atuais. Fica a dica para os diretores e programadores. Depois me avisem se deu certo.

7 comentários:

Tatiana Santos disse...

Acho que uma rádio com música popular dos anos 90 tem tudo pra dar certo em outras faixas etárias também. Eu tenho 18 anos e curto demais os sucessos de 20 atrás.

É uma boa, sim!

Watson disse...

Valeu Tatiana pelo comentário super válido!

Márciocostadj disse...

Porque é tão dificil alguns Diretores entender isso, todos vão na mesma direção.(a mesma programação)
Séria o medo?

Watson disse...

Márcio Costa: a maioria preferer manter a média do que arriscar.

andreia lucia disse...

concordo!!na cidade de Assis tem a radio cultura que apresenta diariamente um programa deste tipo,com interação via facebook, msn e sms.tem dado super certo!!

Watson disse...

Valeu Andreia pela sua contribuição.

Anônimo disse...

Música dos anos 90... CREDO!!!! De 95 pra cá o rádio começou tocar mamonas, pagode duvidoso, o tchã, dancinha da garrafa... esquece!!! Galera que curte mesmo anos 90 e 80 recorre a internet... não estraga mais o que o rádio está estragado...