23/04/2013

É o que dizem por aí...


Dizem que trabalhar é um mal necessário.

Dizem que o diploma é um grande diferencial, suficiente para o seu sucesso.

Dizem que é melhor ter um emprego com estabilidade.

Dizem que horário de trabalho que se preze é segunda a sexta, das 8 às 18 horas, porque domingo é dia de descansar e, ao final do dia, começar a se lamentar nas redes sociais porque a segunda-feira já está chegando.

Dizem que a casa própria, paga em 30 anos, financiada por um banco do governo, é sinal de status e segurança.

Dizem que quem nasce pobre morre pobre, que somente prospera quem se envolvesse em algo ilícito, quem se torna um jogador de futebol ou quem ganha na Mega Sena.

Dizem muitas outras coisas, como "mais vale o certo do que o duvidoso", que rico é tudo safado, que a crise é grande e que o Brasil é um país que não tem jeito mesmo.

Só não dizem que cada pessoa tem um valor enorme e que, independentemente de sua origem, você pode transformar a sua realidade, mudar o mundo e influenciar a todos ao seu redor.

Escondem que, segundo o Banco Central, nos últimos anos a cada 10 minutos surge um novo empreendedor milionário no Brasil, que a economia do País é alvo de bilhões de dólares em investimentos internacionais e que apesar de todos os problemas sociais e políticos do Brasil, o País se tornou a 7ª economia do mundo e um dos principais mercados para se empreender.

Esquecem de dizer que a maioria dos que ganham na loteria empobrece poucos anos mais tarde, que a média salarial de um jogador de futebol é menor do que a média de um professor, que as subcelebridades dos reality shows têm uma efêmera fama que é muito diferente de sucesso e que logo caem no ostracismo e que devemos escolher melhor os nossos referenciais a serem seguidos.

Que pena que não dizem isso. Por isso, muitos acabam enterrados num cemitério juntamente com todos os seus projetos, sem ter desfrutado da conquista de todos eles com a sua família e sem ter deixado legado algum para as próximas gerações.

Lembre-se: Se você fizer o que a maioria faz, você chegará até onde a maioria chega. Se você quer ir mais longe, invista em você. Meta a cara. Busque seus objetivos. Comunique suas ideias ao mundo. Você pode fazer mais!

(Baseado no artigo de Flavio Augusto da Silva, fundador da rede de escolas de inglês WiseUp e do Geração de Valor.)

16/04/2013

O Perigo não é você pensar grande e não conseguir o que deseja. O Perigo é pensar pequeno e conseguir.

Acredito muito que quanto temos um objetivo determinado, o universo conspira a favor. Pode ter certeza disso. Basta estar preparado para quando a oportunidade chegar. 

Comigo as coisas foram acontecendo assim, desde meu começo em rádio, publicação dos meus livros, divulgação no Faustão, participação no ShopTour, no ShopTime, parceria com Otaviano Costa da Globo. Eu queria muito que as coisas acontecessem e Deus foi colocando elas na minha frente. Acredite em você também!

Otaviano Costa, que considero o "padrinho" aqui do blog, no dia da morte do cantor Chorão, declarou em seu Twitter: 
“Desde 98, muitas vezes juntos em matérias, palcos, programas e sempre era uma vibe boa!! Em uma viagem para Los Angeles com Charlie Brown Jr., falávamos sobre sonhos e ele dizia que o sonho dele já estava rolando! Quando falei que o meu à época, era apresentar um programa, todos disseram: "Vai rolar!". Dito e feito. Na mesma viagem recebo uma ligação, pra assumir o H na BAND (depois O+) e fizeram questão de ser a primeira banda a tocar nesta nova fase!” 
(twitter.com/otacosta)

Fica a dica de hoje: Foque em seus objetivos, sonhe alto, acredite em seu potencial, e corra atrás. O resto é consequência.



Esperamos que esteja gostando do nosso blog.

Obrigado por acessar.

Aproveite para conhecer nosso CURSO DE LOCUÇÃO.

Leia nosso LIVRO SOBRE RÁDIO.

Saiba como melhorar sua ORATÓRIA.

Ou ganhe renda extra revendendo nossos produtos.

10/04/2013

Até que ponto vai o profissionalismo?

Este fato aconteceu durante um programa da emissora portuguesa TVI. Um operador de câmera desmaiou e o apresentador pede para a atração seguir. É bem provável que ele recebe uma ordem do diretor para continuar e que devem ter prestado socorro imediato. Tudo bem, mas a questão é: por ética e respeito, não seria mais coerente chamar o intervalo comercial?

06/04/2013

Depoimento do Otaviano da Globo pra nosso blog!

Entre as gravações de Salve Jorge na TV Globo, o ator e comunicador Otaviano Costa grava um depoimento pra gente. Valeu Parceiro, sucesso pra você!

05/04/2013

Agora somos Super.



Nosso blog mudou, agora estamos com o domínio: www.supercomunicador.com.br !
Agradeço aos inúmeros comunicadores do Brasil que já nos apoiaram, entre eles: Ciro Bottini do Shoptime, Fausto Silva e Otaviano Costa da TV Globo. Vamos continuar atrás das melhores dicas dos supercomunicadores. Acreditamos que não adianta se comunicar se não saber fazer a diferença. 
Então seja bem vindo, Supercomunicador, fique a vontade para opinar, comentar e fazer a diferença com gente.