30/01/2014

10 coisas que podemos aprender com um comercial bizarro.


  1. Publicidade não é despesa, é investimento.
  2. Vale a pena pagar figurantes. Eles não custam caro, principalmente um Papal Noel.
  3. Seja objetivo na transmissão de informações.
  4. O excesso de cores, efeitos, arabescos e palavras não ajudam a vender, e em certos casos, atrapalham.
  5. Cuidado com a fonte das letras para facilitar a leitura.
  6. Revise sempre a grafia de palavras que aparecem na tela.
  7. Atenção com as expressões de duplo sentido e locuções caricatas.
  8. Cenários mal utilizados podem prejudicar a imagem da empresa.
  9. Citar a localização, telefone ou site ajudam o telespectador encontrar da empresa.
  10. Se o resultado final não ficou bom, melhor tentar outra estratégia.
Obs.: Essa padaria do comercial fica na cidade de Codó, no interior do Maranhão. No Rio Grande do Sul, cacetinho é pão francês, mas dizem que no Maranhão cacetinho é um bolinho frito crocante feito de tapioca que tem forma cilíndrica.

21/01/2014

35 Dicas para apresentar um programa de notícias no rádio.

  1. Coloque-se no lugar do ouvinte. Descubra o que ele quer ouvir.
  2. Dê destaque para notícias locais. Use seu espaço como prestação de serviço a comunidade.
  3. Aproveite a rapidez do rádio para notícias imediatas, como: “está acontecendo”; “disse agora a pouco”; “acabamos de receber a informação”, etc...
  4. Tenha sempre notícias extras a mais.
  5. Prepare um roteiro completo do programa.
  6. Na hora de falar, a postura reta ajuda a passar a informação de forma mais clara.
  7. Gesticule quando falar, mesmo que você não apareça. Os gestos ajudam na comunicação verbal.
  8. Concentre-se no que vai ser lido.
  9. Transmita segurança na voz e passe credibilidade na leitura da informação. Evite gaguejar e titubear.
  10. Conheça sobre o assunto abordado.
  11. Marque as palavras que devem ser lidas com ênfase.
  12. Marque pausas da sua respiração.
  13. Assinale a pronúncia correta de nomes e lugares.
  14. Escreva números por extenso e arredonde quando possível. Por exemplo: altere de 978 pessoas para quase mil pessoas.
  15. Adapte o texto de jornal impresso e internet para o rádio com frases curtas e diretas.
  16. Leia sem pressa.
  17. Interprete o texto.
  18. Seja natural. Conte a notícia como uma história.
  19. Respeite o tom da informação.
  20. Acredite no que está lendo.
  21. Cuide da dicção, articule bem as palavras, sem comer letras ou sílabas inteiras, nem deixar cair o tom de voz no final das frases.
  22. Dê um ritmo à leitura e varie este ritmo para não cansar o ouvinte.
  23. Fique a uma boa distância do microfone para evitar a saturação e distorção no áudio.
  24. Leia o texto antes de ser apresentado no ar.
  25. Antes de começar, prepare as trilhas e efeitos para “ilustrar’ a notícia.
  26. Imprima todos os textos e depois marque a hora que foi lido. 
  27. Use sempre um vocabulário simples, independente do seu perfil de público.
  28. Demonstre interesse e envolvimento pelo assunto. 
  29. Dê à sua fala um início, meio e fim.
  30. Tenha cuidado para não falar demais. Você pode acabar perdendo o foco.
  31. Fique sempre preparado para improvisar no caso de problemas técnicos.
  32. Tenha sempre um texto extra de apoio. Deixe sempre alguma coisa preparada para quando der um “branco”.
  33. Cheque as informações. Tenha sempre certeza do que está falando.
  34. Cuidado quando emitir opinião para não depreciar uma empresa ou alguém. Ouça sempre as duas partes envolvidas.
  35. Treine em voz alta.
Quer mais?

✅ CURSO DE LOCUÇÃO ONLINE: https://bit.ly/2MrM9mu

✅ LIVRO DO RÁDIO: https://bit.ly/2OBGqrx

✅ LIVRO DE ORATÓRIA: https://bit.ly/2vIsLI3

 

17/01/2014

Primeiros Grandes Erros do Ano na TV.


Acompanhei nestes primeiros dias de 2014, 3 erros grosseiros nos meios de comunicação.

1. Na RBS TV, afiliada Globo, em um jornal estadual (SC), o apresentador noticiou a morte por afogamento de “Fulano de Tal”. No dia seguinte informou que o “Fulano de Tal” era o bombeiro que passou a notícia, não quem morreu.

2. Na Ric TV, afiliada Record, em outro jornal estadual (SC), o apresentador, após a reportagem, pediu para pausar a imagem e comentou sobre o bandido: “esse careca é sem vergonha, esse tipo eu conheço, safado, perigoso, etc.” Depois do intervalo ele volta corrigindo: o careca era o policial civil, o bandido estava ao lado dele.

3. Na Rede TV, em um programa nacional, durante o merchandising, dia 15 de janeiro, o apresentador pergunta para aquele que está apresentando o produto: “primeira parcela fica pra quando?”; “só no ano que vem”; “quando?”; “só ano que vem”. Ou esta é a melhor promoção que eu já vi, ou pessoal da programação descuidou ao reprisar um programa de dezembro.

Aí está a importância de checar informações, revisar textos, e muita concentração. Como estamos em época de férias, com muitos estagiários trabalhando, estes erros podem ser perdoados e servem de lição e aperfeiçoamento profissional. O problema maior é a empresa que anunciou na RedeTv, que vai trabalhar esse ano inteiro e começa a faturar só em 2015. Putz!

(Foto ilustrativa do Jornal Nacional de dezembro de 2013, quando Patricia Poeta se levanta antes da hora.)

14/01/2014

Quanto custa seu sonho?

 Este vídeo é de 2011 e é patrocinado, mesmo assim vale a pena dar uma olhada nele neste início de ano e recalcular a partir de agora os seus sonhos!