sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Primeiros Grandes Erros do Ano na TV.


Acompanhei nestes primeiros dias de 2014, 3 erros grosseiros nos meios de comunicação.

1. Na RBS TV, afiliada Globo, em um jornal estadual (SC), o apresentador noticiou a morte por afogamento de “Fulano de Tal”. No dia seguinte informou que o “Fulano de Tal” era o bombeiro que passou a notícia, não quem morreu.

2. Na Ric TV, afiliada Record, em outro jornal estadual (SC), o apresentador, após a reportagem, pediu para pausar a imagem e comentou sobre o bandido: “esse careca é sem vergonha, esse tipo eu conheço, safado, perigoso, etc.” Depois do intervalo ele volta corrigindo: o careca era o policial civil, o bandido estava ao lado dele.

3. Na Rede TV, em um programa nacional, durante o merchandising, dia 15 de janeiro, o apresentador pergunta para aquele que está apresentando o produto: “primeira parcela fica pra quando?”; “só no ano que vem”; “quando?”; “só ano que vem”. Ou esta é a melhor promoção que eu já vi, ou pessoal da programação descuidou ao reprisar um programa de dezembro.

Aí está a importância de checar informações, revisar textos, e muita concentração. Como estamos em época de férias, com muitos estagiários trabalhando, estes erros podem ser perdoados e servem de lição e aperfeiçoamento profissional. O problema maior é a empresa que anunciou na RedeTv, que vai trabalhar esse ano inteiro e começa a faturar só em 2015. Putz!

(Foto ilustrativa do Jornal Nacional de dezembro de 2013, quando Patricia Poeta se levanta antes da hora.)

Nenhum comentário: