terça-feira, 19 de agosto de 2014

Por Onde Anda a Locução Povão?

“Bom dia meu amigo, bom dia minha amiga, o sol brilha em São Paulo, são 7 e 15, 7 horas mais 15 minutinhos. Começamos mais um Show da Manhã, com muita alegria no ar! Que bom estar com você nesta manhã gostosa de segunda-feira! Um beijão no seu coração! Fica comigo que a partir de agora eu quero ver você feliz...” 
Está cada vez mais difícil ouvir uma locução deste tipo. Os locutores atuais das rádios comerciais estão mais artificiais e menos carismáticos. Falta interação, descontração, conversa.

Talvez culpa dos donos que querem só vender e esquecem do real objetivo, que é agradar o ouvinte.

Talvez porque as emissoras pagam mal e cada vez terão profissionais menos qualificados.

Talvez porque os locutores estão menos interessados na vida do seu público e mais na própria sua vida.

Há quem diga que boas músicas e pouca conversa, teremos audiência. Mas se fosse para só ouvir músicas as pessoas selecionariam as suas favoritas em algum dispositivo digital e pronto. As pessoas querem mais do que isso, querem saber sobre as músicas, querem opiniões, querem informações. O ouvinte quer cada vez mais participar da programação e quer se divertir ouvindo rádio, coisa que é cada vez mais difícil.

Nenhum comentário: