terça-feira, 8 de maio de 2018

6 Dicas para Gravação em Home Studio.


Ter um estúdio em casa traz inúmeras vantagens, entre elas, para citar uma das mais prazerosas, é ter a comodidade e a praticidade de em um minuto você estar largadão tomando café na cozinha de casa e no minuto seguinte estar no estúdio para gravar aquele spot ou vinheta... É nesse mar de facilidades que moram grandes perigos.

Sabemos que equipamentos de ponta dentro do estúdio são importantes, mas não são apenas eles que fazem a diferença em nosso trabalho. Dicas simples podem contribuir positivamente para a realização de um projeto digno de elogios; confira:

1. Pode não parecer importante, mas você deve escolher cuidadosamente o que vestir no momento da gravação. Prefira roupas leves, macias e de preferência que não atraiam pelos, pois se você for do tipo que convive com a rinite, qualquer resquício de alérgeno pode interferir na qualidade da sua voz. Da mesma forma, você deve ficar atento aos acessórios: aliança, pulseira, relógio... Tudo isso pode causar mini barulhos que normalmente você nem percebe.

2. Tudo bem que você está trabalhando em casa, mas não custa nada entrar no estúdio alguns minutos antes para se ambientar e preparar-se psicologicamente para a tarefa que vai desempenhar. Leia e entenda o texto, a mensagem, absorva as informações, avalie as pausas e as ênfases necessárias para transmitir da melhor forma possível a ideia do cliente.

3. Aqueça sua voz! E antes de iniciar a gravação, evite fazer qualquer tipo de esforço, como chamar alguém em voz alta, por exemplo. Outro detalhe, também importante, é procurar não consumir alimentos ou bebidas que possam comprometer a voz, como a cafeína, líquido gelado ou ácido.

4. Essa quarta dica é até óbvia demais, mas não custa frisar: desligue o celular! “Ah, mas eu deixo no silencioso”, você pode até me dizer!! Mesmo assim! O celular pode causar interferência no microfone. Prefira o aparelho totalmente desligado e, se possível, longe do estúdio. Eu mesmo já entrei na cabine com o celular ligado no bolso e, é claro que ele tocou e o take foi refeito.

5. Antes de começar a gravar, caso haja dúvida sobre alguma informação ou como deve ser a pronúncia de determinada palavra, procure a pessoa responsável para esclarecer. Não grave com dúvida. Caso não seja possível esclarecer a questão com o cliente, grave versões, uma delas pode estar correta evitando a dor de cabeça de regravar o trecho com o mesmo pique, ritmo e entonação da sua gravação original.

6. Seja profissional. Essas dicas não apenas contribuem para que seu trabalho seja satisfatório, como também demonstra que você trabalha com seriedade e respeito para com o cliente.

Lembre-se que este trabalho não é apenas mais um, e sim mais um daqueles momentos da sua vida que ficará registrado para sempre. Aproveite a oportunidade e faça bem o que você ama fazer.

Fonte: Flavio Kranic

Nenhum comentário:

Postar um comentário