5 Dicas de Produção de Texto para Rádio.


5 Dicas de Produção de Texto para Rádio.

1) Escreva como você fala.
Na maioria dos casos, escrever para o ouvido é mais informal do que
escrever para ser lido. Você pode imaginar que está falando com alguém
enquanto está escrevendo. Assim, naturalmente irá usar palavras menores,
um tom mais coloquial e frases curtas.

2) Chegue ao ponto rapidamente.
Quando você está escrevendo para o áudio, não tem muito tempo para levar
até o ponto . Você tem que chegar lá rapidamente antes de perder o seu
público. Concentre-se no que é mais importante, usando termos simples.
Alguns profissionais dizem que isso é “simplicidade inteligente”.

3) Fale a uma só pessoa.
Se tratando de uma escrita publicitária, prefira termos no singular. Ex:
“Vocês fazem parte desta história”: falada desta maneira no plural, dá a
sensação de amplitude, algo generalizado, porém quanto mais intimista a
mensagem for, mais resultado terá. “Você faz parte desta história”: o
singular traz proximidade, um ar de intimidade.

4) Calcule o tamanho do texto. 
Você não vai querer que o locutor pareça um narrador de corridas. A
regra de ouro para o cálculo do tempo é que em 1 minuto o narrador vai
ler cerca de 100 palavras. Se você quiser que o seu texto dure um
minuto, considere 100 palavras ou menos. Pode-se também considerar 14
linhas de texto = 1 minuto de leitura.

5) Use o silêncio.
O silêncio para o áudio é como espaço em branco. Os ouvintes precisam de
tempo para processar o conteúdo verbal, imaginar o que está sendo dito.
Você pode trabalhar breves pausas em seu script, indicando onde o
locutor deve parar por um momento, pausas frequentes também darão tempo
para adicionar outros elementos, como efeitos e vinhetas. O silêncio é
seu amigo. Use-o com sabedoria.

Fonte: Lubben Locutor. 

Quer aprender mais?

✅ CURSO DE LOCUÇÃO ONLINE: https://bit.ly/2MrM9mu

✅ LIVRO DO RÁDIO: https://bit.ly/2OBGqrx

✅ LIVRO DE ORATÓRIA: https://bit.ly/2vIsLI3

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *